sábado, 30 de novembro de 2013

FAÇO MANTRAS PRA VOCÊ


NOVEMBRO/2013

Eu fiquei embasbacada

Sentindo que derretias

Que moravas em minha alma

E de amor me enchias

 

Tomara que eu sempre te encante

Que só te dê palavras doces

Palavras que hoje são mantras

Que eu digo por te querer

 

Para mim já enviastes

Tua ternura em versos

Que jamais haja desgastes

E em tudo haja sucesso

 

Demoraste a se derreter

Mesmo com a minha doçura

Paciência teve o meu querer

Por conta da tua ternura

NAVEGO NUM MAR DE CARINHO


NOVEMBRO/2013

Fui então muito sortuda

Por você me receber...

Poderia eu ter pulado

No colo de outro qualquer

 

Senti algo bem aqui dentro

Como um riacho a fluir

Apontando-me o epicentro

De um vulcão a explodir

 

Ainda bem que eu senti

Que era só você e mais ninguém

Por isso é que quase imediatamente

Teu amor cresceu também

 

Hoje eu lhe quero benzinho

Com tudo que temos direito

Navego por teus carinhos

Pois aprendi os teus jeitos

USANDO A INTUIÇÃO


NOVEMBRO/2013

A intuição nos aponta

Os tantos paus da jangada

Pode até nos deixar tontos

Se não existe a pegada

 

Ela é mais ou menos o fulcro

Que se costuma usar

Para ter o peso certo

Das emoções a embalar

 

A intuição me faz tatear

Guia-me durante a escuridão

Foi com ela a me guiar

Que achei teu coração

 

Nele encontrei um ser

Que me é muito precioso

Ensinou-me que é melhor ser

E é muito...muito afetuoso

EU QUERIA O NOSSOS ANJOS


NOVEMBRO/2013

Não sei se conseguiria

Nossos anjos despertar

De pronto os acolheria

E os chamaria pra dançar

Eu seria bem feliz...

Não quebraria o encanto

Das palavras que são mantra

Que eles jamais nos deixassem

Em cada lugar por enquanto

Que fenecer não deixassem

O nosso AMOR e nem o canto

 

PAPO ESTRANHO



NOVEMBRO/2013

QUE CONVERSA MAIS ESTRANHA

DEU-SE COM DOIS PASSARINHOS

OS DOIS COM CHEIRO DE MANHA

CADA QUAL MAIS JEITOZINHO...

 

TÔ DE ASAS BEM TREINADAS

POSSO IR VOANDO TE VÊ...

E SE EU FICAR CANSADA

NÃO ME DEIXE ESMORECER

 

ACOMPANHE ESSE MEU VOOU

POIS RESULTOU DESSE AMOR

NO QUAL VOCÊ ME ENSINOU

A PERSISTIR COM ARDOR...

 

FRONTEIRAS IREI CRUZAR

MONTANHAS E SERRAS ME ESPERAM

NO CAMINHO VENHA ME ENCONTRAR

SEI QUE AS VONTADES CLAMAM

 

SOU E SEMPRE SEREI PASSARINHA

SEM ESPÉCIE DEFINIDA...

CODORNA OU ANDORINHA

O IMPORTANTE É A IDA.

ENQUANTO DORMIAS


NOVEMBRO/2013

DOS OLHOS DO TEU CORAÇÃO

DESCOBRI INTENSAS CENTELHAS

DIZENDO ENFIM QUE QUERIAM

UM COBERTOR- DE- ORELHAS...

E TE ACARICIEI OS LÁBIOS

DEI-TE ENTÃO UM LONGO ABRAÇO

FOFEI OS TEUS TRAVESSEIROS

NINEI-TE EM MEU REGAÇO....

PORÉM NÃO QUIS TE ACORDAR

POIS TEU SONHO ERA UMA DELÍCIA

SORRIAS ENQUANTO DORMIAS

DEIXEI-TE ENTÃO UM BILHETE QUE DIZIA:

VIM AQUI PRA TE ENCONTRAR

VIM AQUI PRA TE AMAR

AGORA VIREI NOUTRO DIA

 

 

PSIU...PSIU...PSIU!


NOVEMBRO/2013

ACORDA MEU MENININHO

TUA MENINA ESTÁ DESPERTA

E QUER BRINCAR UM TIQUINHO

FAZENDO TUDO DAR CERTO...

 

O RELÓGIO DA VIDA ANDA

PRECISO DA TUA ALEGRIA

SENÃO O VENTO DESANDA

JOGANDO AO CHÃO A MAGIA

 

VAMOS AO JARDIM DO AMOR

REGAR OS NOSSOS CANTEIROS

TEM UMA FLOR QUE EXALA ARDOR

MAS QUE TE ESPERA PRIMEIRO

 

MEU DOCE AMOR...MEU MENINO

QUERO CANTAR HOJE O DIA

CERTEZA DE UM NÃO DESATINO

DESSE QUERER QUE É MEU GUIA

 

ABRE BEM O TEU CORAÇÃO

AS PORTAS E AS TUAS JANELAS

QUE BEM CHEIA DE EMOÇÃO

EU PULO É MESMO POR ELAS

 

EU NÃO MINTO


NOVEMBRO/2013

MUITO DE TI ME ENCANTA

A SIMPLICIDADE DO DIZER

COISAS PARA QUEM AMA

NÃO SABES COMO FAZER

 

FASCINA-ME TEU LADO MENINO

BRINCALHÃO OU ENTÃO CARENTE

O QUE NÃO SOUBERES TE ENSINO

MAS NUNCA DE MIM TE AUSENTES

 

O QUE DIZES SOBRE A MULHER

NÃO SEI SE FOI DITO PRA MIM

TENS TUDO QUE O TEU “SER” QUER

SERÁ QUE É TÃO FÁCIL ASSIM?

 

PECO POR TE AMAR EM DEMASIA

SEM MEIAS PALAVRAS FALO O QUE SINTO

RECOLHO E LEIO A ESSÊNCIA TUA QUE É POESIA

MAS DE TUDO PREFIRO O COLINHO... NÃO MINTO

SABE A INSÔNIA?


NOVEMBRO/2013

SABE A INSÔNIA?

É MUITO PIOR DO QUE O SONO

ELA ME RESSABIA

POR ISSO PREFIRO O RESSONO

 

QUASE ADORMECIDA

REPASSO OS FATOS DO DIA

QUANDO É BOM...  O SONO É IDA

QUANDO NÃO... INEXISTE A PAZ E A ACALMIA

 

ABRAÇO EU O TRAVESSEIRO

SABE COMO É MULHER!!!

FICO ENTÃO TODA FACEIRA

ACHO QUE TE TENHO INTEIRO

ATÉ QUANDO DEUS QUISER

 

AMORES E amores


NOVEMBRO/2013

Existem AMORES e amores

Como também andores e flores

Uns amores mais perfumados

Outros que são só ardores

Alguns que ficam guardados

Se contorcendo de dores

Em se tratando de furores

O nosso tem rufar de tambores

Vontade de deixar gritarem as cores

De nosso amor outonal os olores

E em nossos bastidores...

Eu quero é tecer louvores

Pensando em nossos valores

Sei que não houve horrores

Mas nós somos os captadores

E os principais atores...

Desse querer que é tão real

Mesmo que ainda somente vivido

Nesse caos do virtual...

O BEIJO MAIS DESEJADO


NOVEMBRO/2013

SE EXISTE UM BEIJO SONHADO

ENTÃO DÊ UM EMPURRÃO NA SORTE

POIS SÓ DE UM SER MUITO APAIXONADO

BROTA UM DESEJO DANADO E TÃO FORTE

 

NADA QUERO SOB UM IMPULSO

ESPERO QUE CURTAS OS MEUS LÁBIOS

NÃO DESEJO UM BEIJO AVULSO

ASPIRO VONTADES HÁBEIS...

 

DEIXE QUE ESSA LÍNGUA LOUCA

CONTORNE SUAVE MEUS LÁBIOS

VEJA ESTRELAS NO CÉU DA MINHA BOCA

E FAÇA TUDO O QUE JULGAR SÁBIO

 

ESTOU EM CONTAGEM REGRESSIVA

ESPERANDO ESSE LINDO MOMENTO

SENTIRÁS QUE EU SOU UMA BRASA-VIVA

E QUE ESSA ESPERA É HOJE UM TORMENTO

 

PREENCHA-ME COM TEU CORPO

PENETRAS EM TODAS AS REENTRÂNCIAS

DEIXES QUE EU TAMBÉM TE ENVOLVA

BERÇO FINAL DE TODAS AS MINHAS ÂNSIAS

NOSSO ETERNO VOAR


NOVEMBRO/2013

SEMPRE ESTIVE PRESA AO CHÃO

NÃO ME DEI O DIREITO DE VOAR

ATÉ QUE VOCÊ CHEGOU AO MEU CORAÇÃO

E COMEÇOU LOGO A ME EXPLICAR

 

DISSE QUE EU NADA TEMESSE

QUE ESTAVA A ME SEGURAR

QUE TINHA MUITO INTERESSE

QUE EU APRENDESSE A VOAR

 

COM VOCÊ SEMPRE AO MEU LADO

VOEI POR LUGARES ESTRANHAMENTE LINDOS

E O SEU CORAÇÃO MARAVILHOSO ALADO

PASSOU A SER CADA DIA MAIS BEM-VINDO

 

E CONTINUAMOS VOANDO

ÀS VEZES BEM RÁPIDO

NOUTRAS QUASE PARANDO

MAS ESTAMOS DE AMOR ABASTECIDOS

VIDA DE FLOR...


NOVEMBRO/2013

FALO DESTA FEITA COMO FLOR

UMA FLOR DIFERENTE... ATEMPORAL

QUE NASCEU CHEIA DE AMOR

DE UM AMOR DESCOMUNAL

EXALANDO ESSÊNCIA PURA

CONTAGIANDO O POETA

QUE PERCEBEU COMO É DURA

A VIVER DE SUA FLOR DILETA

SABEM BEM QUE A INTENSIDADE

DO NOSSO ETERNO QUERER

FINCOU RAÍZES PROFUNDAS

QUE EU NÃO PENSAVA TER

MAS EU O SURPREENDI

COM ESSE AMOR QUE É RARO

POR ISSO NÃO O PERDI

E ELE TEVE O CUIDADO

DE ME CERCAR DE CARINHO

DOÇURAS E MUITAS VONTADES

PARA QUE EU ESTEJA FLORIDA

DURANTE TODAS AS IDAS

COMO AS NOTAS DA CANÇÃO

QUANDO ELE VISITA E AFAGA

AS FIBRAS DO MEU CORAÇÃO

DELÍCIAS DE ESTAR CONTIGO


NOVEMBRO/2013

TENHO PERMANENTEMENTE EM TI

PENSAMENTOS DO MUITO QUE NÃO VIVEMOS

COISAS QUE SEMPRE FICAMOS SÓ A SENTIR

QUEM SABE SE UM DIA AS TEREMOS

 

SÃO TERNAS E DOCES CARÍCIAS

QUE MANDO DIRETO PRA CÁSSIA

ONDE MORA TEU CORAÇÃO DELÍCIA

E NADA DISSO É FALÁCIA

 

NÃO SOSSEGO O MEU CORAÇÃO

SEM TER-TE UM DIA COMIGO

DANDO ASAS A ESSA EMOÇÃO

E ME SERVINDO DE ABRIGO...

 

DESENHEI A MINHA VIDA

COM VOCÊ NO MEIO DELA

PEGOU-ME AVE FERIDA

E TORNOU-ME ATÉ BELA

 

NÃO SEI E NEM QUERO VIVER

SEM A TUA PRESENÇA-AUSÊNCIA

JAMAIS QUERO EU TE PERDER

POIS PERDERIA A MINHA ESSÊNCIA

 

VEM DOS TEUS OLHOS


NOVEMBRO/2013

O brilho intenso dos teus olhos

Em noites de lua cheia

Confunde-se coma beleza

Emanada pelo céu

Vejo...

Sinto e vibro

Vivo as tuas mensagens

Teus pensamentos

Teus preciosos momentos

Às vezes sonho e às vezes não

Vou embora pelos cantinhos

da noite

sentindo o vento

ouvindo lindos cantos

caminhando sobre o luar

e amando

o convite dos teus lindos olhos

é um verdadeiro chamado do coração

encontro-me as sós contigo

e vamos viver nossas

emoções

Teus lindos e críveis sonhos...

Adiarei para amanhã